sexta-feira, 11 de julho de 2008

Caminhando contra o vento


Eu amo viajar, conhecer lugares, pessoas, culturas, enfim, sair um pouco dessa minha vidinha e me jogar nesse mundo maravilhoso!!!
Viajar é sem dúvida uma escola da vida, onde vivemos de perto tudo aquilo que, nos livros, nos parece tão distante.
Apesar de ter sido mãe precoce, eu já viajei muito na minha vida, sempre fui meio adiantada com essas coisas (e outras mais tb), e graças a Deus também pude contar com o apoio ($$$) do meu pai, q da mesma forma é um viajante inveterado!
Sendo assim, com 19 anos eu já conhecia praticamente o mundo inteiro. Todas as minhas viagens foram inesquecíveis, aventureiras e recheadas de emoção.
A mais doida delas foi uma q eu fiz entre 17/18 anos com duas amigas. Fomos para a Europa, sem absolutamente nenhum roteiro. Ou melhor, elegemos algumas cidades e começamos pelo norte do continente (Bélgica) e fomos descendo até a Grécia, passando pela Alemanha, Áustria, Holanda, República Tcheca, Itália, etc....
Na verdade hoje eu penso que éramos mesmo três malucas. Viajamos assim ao vento, sem qualquer hospedagem reservada, com um Frommer no bolso, e um inglês tupiniquim na ponta da língua!! Isso foi no começo de 1999 (bem no início do meu namoro com o Ric), passamos o carnaval em Roma, dançando samba em um bar brasileiro cheio de Italianos desajeitados!!
Eu tenho a estrada no sangue, sinto um prazer enorme, quase alucinante, de colocar uma mochila nas costas e sair por aí, sem lenço nem documento...
Lógico q depois q fui mãe nunca mais pude me aventurar dessa forma, isso é uma das coisas que eu mais sinto falta da minha época free lance.
Mas realmente não tenho do que reclamar, mudei o foco dos meus prazeres, as prioridades não são mais as mesmas. O bom de ter filhos cedo é poder aproveitar o antes e o depois. Sei q qdo meus pequenos crescerem ainda vou ter a juventude e disposição necessárias para esse tipo de aventura!
Não gosto de viagens programadas, daquelas com lugares e roteiros prontos, tipo pacote turístico. Odeio city tour!! Para mim a grande delícia é justamente não saber o que me espera. Tudo na minha vida sempre foi assim, nunca fui aquele tipo de pessoa organizada, com planos e metas, eu simplesmente não sei viver dessa forma.
Sonho em fazer esse tipo de viagem com o meu amor, que infelizmente não teve as mesmas oportunidades que eu. Mas tenho certeza de que um dia, com as crianças um pouco mais crescidinhas, irei reviver essa paixão ao lado dele, que como um ótimo companheiro de vida, certamente será o parceiro ideal para minhas andanças.

5 comentários:

philippine lotto results disse...

It could widen my imagination towards the things that you are posting.

Ricardo disse...

totally, dude, but be careful: the partner she mentioned is me.
viagens dos sonhos:
1. atravessar a australia numa harley com a minha gata na garupa.
2. tour pela europa com veneza, cote d'azur, roma e paris.
3. saltar de para-quedas e mergulhar em fernando de noronha.

Tata disse...

delícia mesmo.
também AMO viajar, e sou como você, não gosto de guia, city tour, excursão, etc. gosto da liberdade de ir me perdendo e me encontrando ao longo da viagem...
bjo!

thais disse...

ai ai ai
eu tb eu tbbbbbbbb

a única vez em que eu penso que quero que eles cresçam logo é quando penso em viajar. hauahauhauaha

beijo

Karen disse...

Oi Carol,
Cheguei aqui através do blog da Tata e gostei bastante do seu cantinho.

Eu amo viajar, não viajei o tanto quanto gostaria mas enquanto houver vida por aqui posso sair por aí!!!
Sabe que esta viagem que você fez com suas amigas é a viagem dos meus sonhos. ir para a Europa com uma amiga sem nenhum roteiro...
Um dia eu faço isso!

bjs